Acidentes de Motos

Os acidentes envolvendo motos são muito frequentemente fatais, e existem vários estudos e levantamentos a respeito dos acidentes de motos. Os resultados resumidos de um desses estudos, mostra alguns dados interessantes sobre acidentes de motos que nos levam a refletir:

- Aproximadamente 3/4 dos acidentes de motos envolveram colisão com outros veículos, quase sempre automóveis ligeiros de passageiros e 1/4 dos acidentes apenas envolviam a moto, quase sempre em colisão com algum obstáculo presente na estrada ou arredores, menos de 3% dos acidentes tinham a ver com falhas técnicas da máquina e a maior parte destes deveram-se a pneus furados.

- Nos acidentes de moto que envolviam apenas a moto a falha humana estava sempre presente. Essa falha traduzia-se nas travagens ou manobras de motos bruscas ou no excesso de velocidade nas curvas; os defeitos das vias de circulação (buracos, p.e.) foram causa de 2% dos acidentes e o envolvimento de animais representou apenas 1%, e em grande parte dos acidentes, o condutor do outro veículo violou o direito de passagem da moto (2/3 dos acidentes);

- A configuração mais freqüente do acidente de moto: a moto vai em frente quando o condutor do automóvel vira à esquerda na frente da moto;

- A faixa etária mais representada nos acidentes de motos situa-se entre os 16 e os 24, a maior parte dos acidentados são do sexo masculino, e a maioria dos acidentados já esteve envolvido em acidentes anteriormente ou já tinham histórico de multas; 92% dos acidentados não freqüentaram o treino essencial, aprenderam a pilotar com familiares ou amigos, mais da metade dos acidentados não tinham licença de condução há mais de 5 meses, mas já tinham experiência de condução de mais de 3 anos; e quase metade dos acidentes fatais envolviam o consumo de álcool por parte do motociclista;

- As motos com maior cilindrada estão pouco representadas nos acidentes analisados, mas estão diretamente relacionadas com uma maior gravidade de ferimentos causados pelo acidente; a maioria das lesões nas regiões somáticas afetam o tornozelo, o fêmur, o joelho, e a zona das coxas; a severidade dos ferimentos aumenta com a velocidade, a ingestão de álcool, o tamanho e a cilindrada da moto; e a maioria dos ferimentos mortais verificaram-se em maior número a nível do peito e da cabeça.

- Os acidentados que usavam capacetes para motos demonstraram menor número e gravidade de lesões a nível da cabeça ou do pescoço; o uso de capacetes que cubram a totalidade da cara diminui o risco e gravidade de ferimentos no rosto ou desfigurações; o uso das botas pesadas, casacos, luvas, etc., é fundamental na prevenção ou redução dos ferimentos e lacerações bastante freqüentes; e os acidentes diminuem bastante quando são usadas roupas claras ou faixas amarelas e laranja que aumentam a visibilidade.

Enfim, esses são alguns dados de uma pesquisa feita sobre acidentes de motos, que matam milhares de jovens anualmente.

Para você que gosta de motos, veja alguns equipamentos como Alarme para Motos e Motos Tuning.

Gostou do artigo sobre Acidentes de Motos? Veja mais sobre Motos Tuning aqui!

Motos Tuning - Artigos mais visitados